Thaís Helena

Saturday, September 09, 2006

Roda Viva


A vida passou, a vida passa, a vida passará!! Como fixar cada momento de felicidade? Como aprender com aqueles de infelicidade? A vida passa depressa e às vezes atropela a gente. Ontem eu era uma adolescente que sonhava e não sabia realizar ... o tempo passou depressa: meu pai foi embora para sempre nesse tempo passado. Eu fiquei, a minha mãe ficou, os meus irmãos ficaram, a saudade ficou também. O meu marido chegou, o meu sobrinho chegou, a nossa filhinha chegou. A vida corre, gira, atropela, derruba, machuca, reconstrói, ensina, fortalece ... a vida ... é a vida e é bonita e é bonita!!!

Monday, August 07, 2006

Pequenas manhas do dia-a-dia

Hoje a Maria Luiza acordou diferente. Ela queria mais atenção, mais carinho ... ela está deixando de ser um recém nascido que fica do jeito que a gente coloca e querendo ter o jeito dela cada dia mais definido. É maravilhoso perceber que a Maria Luiza busca ocupar um espaço que é dela, que é o jeito dela de ser e de fazer a coisas dela! Fico comig pensando que ela tem pouco mais que trinta dias e busca essa identidade e que há pessoas nesse mundo que não encontram o direito de ser. Há mulheres oprimidas, funcionários oprimidos, crianças reprimidas ... é do ser humano ter uma identidade, um jeito único de ser e de fazer as coisas. Eu daqui sonho em ser livre e em colaborar para que a Maria Luiza seja livre também ... e fico aqui com uma perguntinha para mim mesma: somos livres?

Saturday, August 05, 2006

Amar e ser amada


Hoje, em nome do amor, do carinho e do cuidado eu fui muito, muito mimada! O meu marido foi um companheirão! Ele me colocou para dormir com a Maria Luiza! Me cobriu, apagou a luz, ligou o rádio numa musiquinha bem tranquila, fechou a porta e silenciou a casa para que eu pudesse descansar. Ser mãe é maravilhoso mas ter um companheiro como o meu marido torna tudo ainda mais maravilhoso. Ele não pode amamentar por mim mas me apoia tanto que é como se amamentasse também. Eu e a minha filhinha adoramos a presença dele! Ninguém nasce papai ou mamãe - é com boa vontade e esforço que aprendemos isso todos os dias! Sinto-me amada e amo muito também!!

Friday, August 04, 2006

Parto de novela


Ontem, acompanhando a milhares de brasileiros, eu assisti ao lado da minha mãe, da minha irmã e de uma amiga a mais um capítulo da novela das oito. Me segurei para não chorar. Foi extremamente dramático! Entretanto eu não pude deixar de me revoltar! É impressionante como os partos em novelas, especialmente nas do Manuel Carlos são dramáticos! Em Por Amor mãe e filha têm os filhos no mesmo horário e no mesmo hospital, mas a filha perde o neném e o útero e agora, em Laços de Família a empregada da Alma estava grávida de gêmeos e morreu de eclâmpsia no parto e em Páginas da Vida a Nanda também morre no parto! Tudo bem, não é devido ao parto, é possivelmente devido a uma hemorragia interna, mas ela morre no parto!
Mas por que isso mexeu tanto comigo? Porque eu acabei de passar por um parto cesariana e tudo correu muito, muito bem. Se eu não tivesse passado pelo meu parto eu certamente estaria apavorada em pensar no meu! Eu estaria em pânico! E fico daqui imaginando o que as mulheres que como eu estão ou estiveram na eminência de um parto estão se sentindo agora!
Quando é que a TV vai apresentar um parto em que tudo corra bem? Não digo somente na conclusão mas em todo o processso! As mulheres gritam, sofrem e quase morrem! Hoje já há inclusive anestesia no processo todo do parto normal.
É uma reflexão de ex-gestante.

Thursday, August 03, 2006

A Maria Luiza chegou!!


Há um mês atrás eu acordei às 6h45 com uma tremenda cólica! Ao me levantar houve água escorrendo pelas minhas pernas! Corri para o banheiro e chamei o Márcio: Márcio, a bolsa estourou! Liguei para o obstetra e ele disse que era assim que tudo começava ... ao contrário, claro (já explico) e que deveríamos ir para o Hospital. Já no Hospital a Obstetriz constatou: Bolsa rota e fui encaminhada para a indução de parto. Cinco horas depois descobri que tudo começara ao contrário: primeiro deveria ter ocorrido contrações, depois dilatação e depois a bolsa rota. A minha bolsa rompeu sem que houvesse dilatação ou contrações. Conclusão - fui encaminhada para a cesariana. Não foi nenhum bixo de sete cabeças a não ser pela frustração de não ter tido um parto normal como eu tanto desejara. Mas enfim, o chorinho que eu ouvi, o rostinho que eu beijei ... foi amor à primeira vista sem levar em conta de que maneira ela havia surgido ali. É tudo tão emocionante, tão maravilhoso e tão surpreendente que a vida parece uma outra vida agora!! Eu durmo mal, quase não tenho tempo para sentar e comer, tomar banho ou até ir ao banheiro mas eu nunca fui tão feliz!!

Monday, June 05, 2006

A Maria Luiza está chegando!!

Fui hoje ao obstetra e descobri que daqui há umas quatro semaninhas a Maria Luiza vai chegar!!!
Estou muito, muito feliz! Ontem tivemos o chá de bebê e o quarto dela já está pronto!! a vida quase está nos eixos!!

Thursday, May 25, 2006

Um dia ruim

É a primeira vez que experimento de maneira consciente a dependência. É muito difícil depender dos outros!! É difícil criar expectativa com relação às pessoas. Ninguém tem a obriga'vão de oferecer amparo ou atenção e os problemas e crises que eu enfrento fui eu mesma que criei. Eu sei disso!
A minha vida em alguns setores foi simplesmente um terreno bastante árido. Jorrou água, adubo e cuidados em outros ... mas é que agora são os setores àridos que estão fazendo falta ...
Estou um pouco desgostosa da vida, ds pessoas ao meu redor ... mas eu tenho a pessoa mais importante comigo aqui e agora ... eu deveria cuidar mais de mim, dela, de mim, de mim, dela ... eu não estou podendo agora ...
A vida não está ruim, eu é que não estou bem!